sábado

Minha primeira bicicleta





A primeira bicicleta que tive na vida me foi entregue lá pelos meus seis ou sete anos de idade. Era de segunda mão, um pouquinho enferrujada, mas rodava bem.

Eu tinha que dividi-la com meus dois irmãos menores, mas eles estudavam em um turno diferente do meu. Assim, todas as tardes, ela ficava inteiramente sob os meus cuidados.

Um dia, enquanto estava pedalando junto com minhas amigas, notei que o pneu dianteiro da bicicleta havia furado. Que tristeza! Eu me lembro ainda hoje do tamanho da frustração que senti. A sensação de perda foi imensa.

Eu era muito pequena e, por isso, não me ocorreu que fosse possível consertar aquele furo num cicle. Eu simplesmente achei que o pneu tivesse se estragado para sempre e que nunca mais a minha bicicleta voltaria a funcionar. Foi uma tristeza doída, profunda e inútil, pois, como você pode imaginar, meu pai pagou o conserto do furo e minha felicidade voltou.

Anteontem, quando estava pedalando a minha linda bike de gente grande, olhei para o asfalto e me lembrei daquele dia. E, junto com a lembrança, fiquei pensando em quantas vezes nós ficamos tristes inutilmente, por problemas que Deus pode resolver com facilidade.

Para o Criador do Universo, solucionar o pior dos problemas é mais simples do que consertar o furo de um pneu de bicicleta. Seu problema pode parecer imenso e insolúvel aos seus olhos, mas tem solução. Pare de chorar e vá falar agora mesmo com o seu Pai Celestial. Ele tem poder para remover tudo o que lhe causa sofrimento.

“Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças;e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus” (Filipenses 4:6-7).

Nenhum comentário:

Total de visualizações de página

Pesquisar este blog